desmatamento ilegal na amazônia

O Profissão Repórter fez uma bela cobertura do assalto diário que o Pará sofre pela indústria internacional de jóias e madeira. O trabalho do IBAMA é visto pelos locais como negativo, afinal, acaba com a única fonte de renda dessa parte do Brasil. Em alguns casos, é o garimpo ou nada. O modus operandi dos “empresários” é de quadrilha, mas eles também são donos do poder local. Tipo Don Corleone, saca?

http://g1.globo.com/profissao-reporter/noticia/2015/07/para-desmata-o-equivalente-cinco-campos-de-futebol-todos-os-dias.html